Destaque:
Procure por Tag:

Como expandir sua criatividade

1/10
Please reload

Benefícios Da Vitamina D

A vitamina D é um dos suplementos mais recomendados pelos médicos, na atualidade.

Trata-se de uma vitamina solúvel em gordura que é armazenada no fígado e nos tecidos gordurosos. Isso significa que o aumento da gordura corporal tem a capacidade de absorver a vitamina D e impedi-la de ser usada no organismo.

 

Há diferenças entre a vitamina D de outras vitaminas. A principal diz respeito ao fato de que o organismo também produz por conta própria a vitamina D, não dependendo apenas de fontes de alimentos.

 

A falta de vitamina D no organismo afeta não apenas a estrutura esquelética, mas também a pressão arterial, imunidade, humor, função cerebral e capacidade de proteção contra o câncer. Existem dois tipos de suplementação de vitamina D: vitamina D2 e vitamina D3. O precursor da vitamina D é encontrado em produtos vegetais e animais.

 

Uma forma de adquirir vitamina D é comer peixe, ou mesmo tomar suplementos como óleo de fígado de bacalhau. No entanto, a exposição direta ao sol é realmente a melhor maneira de absorver a vitamina D.

 

Uma deficiência de vitamina pode estar ligada aos seguintes problemas de saúde:

– Osteoporose;

– Doença cardíaca;

– Pressão alta;

– Câncer;

– Doenças autoimunes;

– Depressão;

– Insônia;

– Artrite;

– Diabetes;

– Asma;

– Esclerose múltipla;

– Dor crônica;

– Psoríase;

– Fibromialgia;

– Autismo.

 

Neste artigo, irei apresentar os benefícios da vitamina D para o organismo.  

 

Não deixe de ler e compartilhar.

 

 

Benefícios Da Vitamina D
 

Além de prevenir as doenças citadas acima, os benefícios da vitamina D se resumem em:

 

1. Contribui para a saúde dos ossos

A vitamina D desempenha um papel na absorção de cálcio nos ossos. Calcitriol (convertido vitamina D) mantém os níveis de cálcio. Além disso, a vitamina D tem um efeito sobre outras vitaminas e minerais importantes que contribuem para a saúde, incluindo a vitamina K e fósforo.

 

A vitamina D é parcialmente responsável por manter os níveis de fósforo no sangue e uma vez que a vitamina D afeta a capacidade do cálcio para se ligar às proteínas, acredita-se que ela também está ligada à vitamina K.

 

Uma deficiência em vitamina D pode resultar em um amaciamento dos ossos chamado osteomalacia, ou uma anormalidade óssea chamada raquitismo. Além disso, sua deficiência aumenta o risco de desenvolver osteoporose, fraturas ou ossos quebrados.

 

Estudos têm demonstrado que a vitamina D pode melhorar a saúde musculoesquelética, deixar lento o processo de envelhecimento da estrutura esquelética, e reduzir a taxa de fraturas e quedas em adultos mais velhos.

 

Quando os níveis de vitamina D são baixos, a tireóide torna-se hiperativa. Isto é conhecido como hiperparatireoidismo e resulta em falta de fósforo. Fósforo, além de cálcio e outros compostos, é necessário para mineralizar adequadamente a densidade óssea.

 

2.  Previne diabetes

O diabetes resulta da falta de insulina ou da secreção inadequada de insulina após aumentos na resistência à insulina. De acordo com estudos, uma vez que o cálcio é necessário para a secreção de insulina, a vitamina D pode contribuir para manter o seu bom funcionamento. Ou seja, prevenir o diabetes.

 

A suplementação de vitamina D pode aumentar a sensibilidade à insulina e diminuir a inflamação, e estudos apresentam um papel para a vitamina D na prevenção e tratamento de ambos os tipos de diabetes (tipo 1 e tipo 2).

 

3. Protege o corpo contra o câncer

Os sintomas de deficiência de vitamina D têm sido correlacionados com o aumento dos riscos para o desenvolvimento de câncer, especialmente câncer de mama, câncer de colo de útero e câncer de próstata. A vitamina D pode afetar o risco de cânceres de mama, cólon e ovário possivelmente devido ao seu papel no ciclo de vida da célula ou sua capacidade de bloquear excesso de estrogênio.

 

4. Combate doença cardíaca

Um número crescente de pesquisas aponta para o fato de que uma deficiência de vitamina D está ligada ao aumento dos riscos de doenças cardiovasculares, uma vez que está envolvido na regulação da pressão arterial, níveis de colesterol e inflamação.

 

De acordo com os últimos estudos, ainda não está claro se a vitamina D pode ajudar a prevenir doenças cardíacas, ataque cardíaco e acidente vascular cerebral, mas sabemos que as pessoas que são deficientes são mais propensas a morrer de doença cardíaca coronária e outros sintomas cardíacos.

 

5. Melhora a imunidade

A vitamina D ajuda com a replicação celular saudável e pode desempenhar um papel na proteção contra o desenvolvimento de condições autoimunes, além de resfriados comuns.

 

As células imunes contêm receptores para a vitamina D, e tem sido demonstrado que a vitamina D evita respostas inflamatórias prolongadas ou excessivas. A inflamação é muitas vezes a raiz de doenças crônicas e doenças autoimunes: esclerose múltipla, artrite reumatóide, síndrome do intestino irritável e outros distúrbios digestivos, pressão arterial elevada e muito mais.

 

6. Regulamento hormonal

Dado que age como um hormônio dentro do nosso corpo e os efeitos da função cerebral, a deficiência de vitamina D tem sido associada a um aumento do risco de transtornos do humor, incluindo depressão, depressão sazonal e ansiedade.

 

Baixos níveis de vitamina D também podem interferir na produção adequada de testosterona e estrogênio, levando a desequilíbrios que podem resultar em muitos sintomas indesejados.

 

7. Ajuda na concentração

Vários estudos têm mostrado que a vitamina D também afeta a capacidade de tomar decisões, concentrar e reter informações. Alguns estudos têm demonstrado que as pessoas com níveis mais baixos de vitamina D têm um desempenho ruim em exames padronizados, podem ter habilidades de tomada de decisão pobres e têm dificuldade com tarefas que requerem foco e atenção.

 

Além disso, algumas pesquisas mostraram uma correlação entre baixos níveis de vitamina D e um risco aumentado de desenvolver esquizofrenia e esclerose múltipla.

 

A vitamina D não é apenas sobre ossos fortes. Ela desempenha um papel na doença cardiovascular, excesso de estrogênio, crescimento das células cerebrais e resposta imune inflamatória.

 

Para aumentar os níveis de vitamina D, é recomendável aumentar sua exposição ao sol de maneira saudável e procure orientação médica.

 

www.drjulianopimentel.com.br

 

Tags:

Please reload