Destaque:
Procure por Tag:

Como expandir sua criatividade

1/10
Please reload

Infarto feminino: conheça as causas, sintomas e como prevenir

08/11/2016

Sabia que os sintomas de doenças cardíacas são diferentes entre homens e mulheres? Saiba tudo sobre o infarto feminino e aprenda como cuidar do seu coração.

 

Nunca se ouviu tanto falar em infarto feminino! O principal motivo, dizem as pesquisas, é a quantidade de responsabilidade e stress que nós, mulheres, enfrentamos diariamente.

 

O assunto é tão sério que Fabiana Scaranzi fez questão de dedicar um capítulo inteiro do  livro  “Mulheres Muito Além do Salto Alto” sobre o assunto. Sabia que, por ano, 200 mil mulheres morrem de ataques cardíacos nos Estados Unidos. Com números tão alarmantes não dá pra ser indiferente, né?

 

Outro fato curioso é que muito ligado ao infarto feminino está o Broken Heart Syndrome (Síndrome do Coração Partido), uma espécie de infarto causado 100% pelo stress emocional.

 

Dr. Roberto Kalil Filho, diretor clínico do Instituto do Coração (InCor) e diretor do Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês explica que o stress, principalmente, está associado à ansiedade e leva à liberação de hormônios, como a adrenalina, que tem efeitos ruins para a circulação, levando ao aumento da pressão arterial e pior dos lipídios no sangue. “O stress também está associado a uma maior incidência de tabagismo e depressão, que são fatores conhecidos no aumento de complicações cardíacas e infarto”, diz.

 

Por isso, quando algo não vai bem e você sente que suas emoções estão à flor da pele, é sempre bom desacelerar e procurar ajuda profissional, seja ele um psicoterapeuta, acupunturista, nutricionista, aulas de meditação, ioga ou até orientações religiosas. Por que, não?

 

Infarto feminino e suas particularidades
De qualquer forma, depois de uma certa idade, o coração pode, independentemente do seu estado emocional, apresentar problemas que só um especialista pode diagnosticar. Dr. Roberto Kalil Filho lembra que
as mulheres durante a fase fértil da vida têm uma relativa proteção cardíaca e, por isso, a doença acaba aparecendo mais tarde nas mulheres do que nos homens – uma diferença que pode chegar a 10 anos!

 

Sintomas do infarto feminino
Por apresentar sintomas diferentes dos homens muitas mulheres acabam atrasando o diagnóstico e retardando o tratamento. Segundo a American Heart Association,
esse é o guia para sinais de um ataque cardíaco em mulheres:

 

– Pressão desconfortável ou dor no centro do peito, que dura alguns minutos ou vai e volta
– Dor ou desconforto em um ou ambos os braços, nas costas, no pescoço, na mandíbula e no estômago
– Falta de ar (com ou sem desconforto no peito)
– Outros sinais, como suar frio, náuseas ou vertigens

 

 

Fatores de risco
Os sintomas entre homens e mulheres para o infarto podem até ser diferentes, mas os fatores de risco são os mesmos. Olha aí!

 

– Idade
– Histórico familiar de infarto precoce
– Hipertensão
– Tabagismo
– Diabetes
– Aumento dos níveis de colesterol
– Excesso de gordura na região abdominal, já que elas liberam na circulação fatores inflamatórios que aumentam as chances de trombose e lesão vascular

 

Formas de prevenção
Não tem jeito,
a melhor forma de prevenir o infarto feminino ainda é manter um estilo de vida saudável e alimentação balanceada. “Praticar exercícios físicos regularmente, interromper o hábito de beber e fumar e restringir a quantidade de gordura saturada e sal ingerida semanalmente são algumas das atitudes que você deve levar pra vida”, lembra o especialista, além de manter a pressão, o açúcar no sangue e colesterol sempre dentro dos níveis recomendados.

 

 

Fabiana Scaranzi, entretanto, tem algumas dicas pessoais pra você desacelerar e manter seu coração saudável em todos os sentidos:

 

– Praticar meditação, ioga e exercícios de respiração profunda
– Dar uma pausa no computador e ver o que tem de bom lá fora, longe de casa ou do escritório
– Dar risada
– Passar um fim de semana na praia
– Colocar uma música e dançar sozinha
– Jogar boliche
– Namorar mais
– Tomar chá de erva-cidreira, camomila, melissa
– Participar de happy hours com os amigos
– Celebrar cada conquista da vida, por menor que seja

 

E aí, pronta pra cuidar do seu coração? 

 

www.fabianascaranzi.com.br

Tags:

Please reload