Como implementar hábitos? MINIMALISMO


É inegável: somos criaturas de hábitos. Gostamos das nossas rotinas. Eu acordo, lavo os dentes, medito, faço os meus alongamentos, preparo o pequeno-almoço, preparo as crianças para a escola e só depois vou trabalhar. Todas as manhãs repito este padrão e, inclusive, chego a seguir-me em falta quando falho este padrão. Mas se isto é algo inerente, porque é que é tão difícil implementar novos hábitos? Deixa-me esclarecer-te: não é – nós é que olhamos para os hábitos de forma errada. No artigo de hoje, quero ajudar-te a perceber como implementar hábitos na tua vida.



O que é um hábito?

Um hábito, ao contrário do que possas pensar, não é um objetivo, um sonho ou uma aspiração – é um comportamento. Um comportamento repetido, o número de vezes suficiente para se tornar automático. É também importante referir que os hábitos definem a nossa personalidade e o nosso carácter.


No que toca a psicologia, o hábito é muitas vezes visto como uma ligação entre um estímulo e uma resposta. Isto significa que existe uma conexão entre algo que aciona esse estímulo e a resposta a esse algo. A repetição desta conexão sistematicamente forma o hábito, que afeta consequentemente todas as decisões e ações. Quando repetido vezes suficientes, esta ação torna-se permanente e inerente, a menos que tomemos a decisão consciente de a mudar.



Como implementar hábitos no teu dia a dia?

Foca-te no porquê de quereres implementar este hábito na tua vida

Em 1977, a psicóloga Ellen Langer realizou a “Xerox Experience”, chegando à conclusão que nós temos mais tendência a fazer algo quando compreendemos o porquê de o estar a fazer. Enquanto seres humanos, precisamos de justificar as nossas ações. Sendo a implementação de um hábito algo que pode ser exigente, compreenderes o porquê de quereres colocar esse hábito na tua vida vai ajudar-te a ter foco e dedicação.



Não tentes mudar toda a tua vida do dia para a noite

Quando começamos a ler mais sobre desenvolvimento pessoal é normal que, de repente, queiramos dar a volta à nossa vida e implementar todas as práticas que, de alguma forma, nos parecem pertinentes. Isto é um erro. Como referi acima, introduzir um hábito na nossa vida só por si, pode ser muitas vezes desafiante. Se escolhemos implementar vários ao mesmo tempo, vamos acabar a sentir-nos frustradas e a não conseguirmos fazer essa introdução com sucesso. O segredo é levar um hábito de cada vez para a nossa vida.



Estabelece um objetivo pessoal para ti e compromete-te com ele

Transforma a implementação deste novo hábito num objetivo para ti. Não o vejas de forma leviana – vê esta introdução com o mesmo afinco com que olhas para os teus objetivos. Agora que já compreendeste a importância que tem para ti, compromete-te contigo própria a adotar o hábito diariamente.



Começa devagar

Além de não quereres implementar vários hábitos de uma vez só, é importante que também introduzas os hábitos de uma forma lenta e progressiva. Por exemplo, se queres começar a ler mais e nunca o fizeste, a tendência é queres começar logo por querer ler um livro inteiro. Este é outro dos erros mais comuns. Começa por ler apenas 5 páginas por dia, para que sejas capaz de tornar o hábito sustentável. Se começas a querer fazer tudo de uma “assentada”, é possível que te sintas frustrada por não conseguir levar a tarefa a cabo ou até aborrecida, por ser algo que não estás habituada a fazer.



Divide o hábito em pequenas ações diárias

Um truque para facilitar a implementação de hábitos: transformá-los em pequenas ações diárias. Isto ajuda-te a quantificar o teu objetivo, permitindo-te medir o teu sucesso. Essa sensação de seres bem sucedida também te vai ajudar a ter motivação para manter o hábito. Pegando no exemplo anterior, se queres começar a ler regularmente, podes dar-te a ti mesma o objetivo de ler diariamente 5 páginas por dia. Podes ainda associar pequenas recompensas e gratificações aos objetivos cumpridos. Por exemplo, se conseguires ler 5 páginas, 5 dias seguidos, oferece-te um banho de imersão ou uma ida ao cabeleireiro!



Não desistas!

O mais importante de tudo é não desistires. Enquanto seres humanos, precisamos de 21 dias para introduzir um hábito na nossa vida. Eu, pessoalmente, arrisco-me a ir um bocadinho mais longe. Sugiro que te foques em manter o hábito na tua vida durante 30 dias e prometo-te que, no final deste período, a prática vai tornar-se natural na tua rotina. Pode parecer-te difícil, por vezes, mas sê é disciplinada. Os resultados vão transparecer – tu és capaz!



 

fonte:

https://claudiaganhao.pt/



 

Tags:

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo